Vasilhas vazias

Hoje queremos falar com as pessoas que têm o Espírito Santo e que quando chega o Jejum de Daniel se perguntam: “Sendo eu uma pessoa já selada, por que preciso fazer este jejum?”

A resposta é simples e direta: pelo mesmo motivo que depois de uma grande conquista, aquele que a alcançou não pode parar de manifestar a fé, pois o nosso Deus é Fonte inesgotável de vida e trabalha o Seu Poder na mesma medida em que eu trabalho a minha confiança!

E quem disse que a Obra do Espírito Santo se limita ao Batismo? Por que não podemos ir além em nossa comunhão com Deus a ponto de atingirmos experiências novas e maiores, inspirações, revelações, grandes ideias, e todas elas também são Obra dEle e benefício exclusivo de quem O busca com sede? Vamos entender isso nesta conversa entre o Profeta e uma viúva pobre?

“Eliseu lhe perguntou: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. Ela respondeu: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite. Então, disse ele: Vai, pede emprestadas vasilhas a todos os teus vizinhos; vasilhas vazias, não poucas. Então, entra, e fecha a porta sobre ti e sobre teus filhos, e deita o teu azeite em todas aquelas vasilhas; põe à parte a que estiver cheia. Partiu, pois, dele e fechou a porta sobre si e sobre seus filhos; estes lhe chegavam as vasilhas, e ela as enchia. Cheias as vasilhas, disse ela a um dos filhos: Chega-me, aqui, mais uma vasilha. Mas ele respondeu: Não há mais vasilha nenhuma. E o azeite PAROU.” II Rs 4.2-6

Por que está escrito PAROU em vez de ACABOU? Porque é impossível que uma coisa dada por Deus tenha limite e acabe, quanto mais o Seu Próprio Espírito! O azeite parou porque ela não apresentou mais vasilhas vazias, pois, se assim fora, ELE as encheria todas.

É claro que ela resolveu seu problema pagando a dívida e vivendo do resto, mas poderia ter ido além.

Assim somos nós no que se refere ao Espírito Santo, pois, se é batizado, você também resolveu o seu problema interior, mas também pode ir além. Enquanto vivermos neste mundo, se nos apresentarmos a cada dia diante de Deus vazios de nós mesmos, de projetos pessoais e terrenos, de sentimentos e afetos, e buscá-lO com apetite, com certeza a Obra dEle em nossa vida se estenderá muito além do batismo. Vem coisa muito maior por aí!

Deus os abençoe sobremodo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *