Servos do Altíssimo são aqueles que foram escolhidos para o Altar, porque antes já viviam no Altar.

Se vivemos uma vida de sacrifício, renunciando à nossa própria vontade, mostramos um caráter de acordo com o de Deus. Assim, mantemos o nosso estado original de Servos. É isso que determinará a nossa permanência no Altar.

O Altar é o nosso verdadeiro domicílio, por isso não importa onde estamos e em que condição estamos. A casa que temos serve apenas para refazer as nossas forças físicas e passar alguns momentos com a nossa família.
Mas é no Altar que moramos, e com isso não podemos brincar.

Deus não poupou nem os próprios anjos, que rejeitaram e desprezaram o privilégio que nós temos hoje.

…e a anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, Ele tem guardado sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande Dia. Judas 1.6

Os escolhidos para o Altar não podem renunciar ao seu estado original de “Servos do Altíssimo”, através do caráter apresentado. E nem abandonar o seu próprio domicílio que, para os anjos, foi o céu, e, para nós, é o Altar.
Para aqueles que são negligentes e relaxados, as consequências são severas.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *